Brewdog Dogma – 4,0

Uma cerveja que tem a ousadia de citar o excepcional John Locke não pode passar desapercebida. Uma scotch ale com mel típico dos pântanos  da Escócia e do País de Gales. Agressividade e equilíbrio, a cara da Escócia.

País: 
Escócia
Estilo: Scotch Ale
Quando beber: inverno nas Highlands
Harmonização: arbroath smokie (o peixe seco foi o alimento base de celtas e vikings por séculos).

Brewdog Brewery 
Essa cervejaria de Fraserburgh, norte da Escócia, é contumaz aqui no blog. Sem sombra de dúvida uma de minhas cervejarias preferidas, especialmente pelo marketing agressivo, politicamente incorreto e frontalmente contrário ao mainstream. São muitos os slogans agressivos como cerveja para punks, cerveja para humanos inteligentes.
Mas o rótulo dessa Dogma é talvez o melhor.
Primeiro por citar John Locke, filósofo da liberdade: “If we disbelieve everything because we cannot certainly know all things we will do much, what as wisely as he who would not use his wings but sit still and perish because he had no wings to fly.”
E segundo por mandar um recado matador: “This beer is not cool. You may think it is, but that is just a beautiful lie fabricated by clowns and gypsies”.

Avaliação  
Uma cerveja que tem a ousadia de citar o excepcional John Locke não pode passar desapercebida. Uma scotch ale com mel especialmente feito com néctar de urze, uma pequena florzinha roxa em forma de sino, típica dos pântanos  da Escócia e do País de Gales.
Vertida apresentou um líquido negro com alguns nuances castanhos e um creme de surpreendente formação para o estilo, de boa densidade e média persistência.
O aroma não se desprende facilmente mesmo assim traz malte chocolate, caramelo e intensas frutas secas escuras.  Com o crescer da temperatura um mel cítrico vem dominando, muito especial.
No sabor segue a mesma linha, agora com muito mais intensidade. Muitas notas de frutas secas escuras, caramelo, mel, chocolate, nozes e uma picardia apimentada. O álcool esquenta mas não incomoda, perfeita inserção. O final é suave com um leve amargo, complementado por um  aftertaste levemente adocicado e frutado. Corpo sedoso, carbonatação média e uma surpreendente drinkability para o estilo.
O que mais me impressionou foi o equilíbrio. Suavidade incrível para uma scotch ale.

www.brewdog.com

Recommended Posts

Leave a Comment