Sidra? E isso pode ser bom?

Na esteira do  CAMRA* e seu movimento pelo resgate dos tradicionais estilos da escola inglesa, eis que surge uma presença cada vez mais comum nos pubs do Reino Unido e da Irlanda: a Sidra. Pesquisas na Inglaterra indicam que houve um aumento de consumo da ordem de 27% em volume desde 2006, contrastando com uma queda de consumo das pale lagers e dos vinhos, seus principais concorrentes. As mesmas pesquisas indicam que 47% dos britânicos declaram-se como eventuais bebedores do fermentando.  Bebida refrescante, levemente ácida e com baixo teor alcoólico, tem atingido duma fatia expressiva do público jovem e do público feminino. Sim, eu sei o que você pensou: mas sidra?!? É natural que lembramos apenas daquelas Sidras de 5 reais das gôndolas de supermercado. Mas é óbvio que existem sidras e sidras. Como existem cervejas e cervejas. Recentemente tive a oportunidade de degustar algumas trazidas da Inglaterra por um amigo e afirmo: vale a pena deixar o preconceito de lado e conhecê-las melhor.
O que é Sidra
A Sidra nada mais é do que um fermentado de frutas. Geralmente são utilizadas maçãs, mas pode-se optar por pêras, pêssegos ou outras frutas. A primeira referência da bebida remete à conquista da Britânia pelos romanos, por volta de 50 antes de Cristo, quando os conquistadores conheceram o que já era uma tradicional bebida do povo local. Desde então a bebida permaneceu bastante popular ao longo da história especialmente na ilhas britânicas e posteriormente em suas colônias.
Cidra no Brasil
No Brasil, à excessão da clássica Cereser, são pouquíssimas conhecidas. Mas já temos coisas boas chegando por aqui. No pontos de venda do grupo Pão de Açécar é possível encontrar as irlandesas Magners, de maçã e pêra, por bons preços. Nas lojas especializadas pode-se encontrar também as excelentes Aspall da Inglaterra. E olha, que após essa pequena degustação de rótulos ingleses fiquei com curiosidade de provar algumas versões mais elaboradas da tradicional Cereser.
Degustando Cidra
Assim como no mundo das cervejas, existem diversos estilos variando desde as frutas, a levedura e os açúcares utilizados na fermentação.  Mas de uma forma geral podemos imaginar as sidras ocupando o mesmo lugar na mesma que vinhos espumantes e cervejas leves. São frutadas, borbulhantes, levemente ácidas e extremamente refrescantes. Elas podem te surpreender!
Ps: nos Estados Unidos as sidras alcóolicas são conhecidas como hard cider, e as não alcoólicas como sweet cider.

* camra – campaign for real ale – movimento de consumidores ingleses que na década de 70 fez campanha pelo resgate dos estilos tradicionais da escola inglesa e pela revitalização da cultura dos pubs britânicos. Saiba mais: 
bardojota.blogspot.com.br/2012/02/camra-campaign-for-real-ale.html

Recent Posts

Leave a Comment