Stift Engelszell – A Oitava Cervejaria Trappista do Mundo

É oficial. O Monastério de Stift Engelszell foi declarado pelo International Trappist Association (ITA) como a oitava cervejaria autorizada a produzir com o selo oficial da organização. Assim diz o comunicado oficial: “A abadia trappista de Stift Engelszell na Áustria obteve a licença do ITA de “AUTÊNTICO PRODUTO TRAPPISTA”  para suas cervejas. A partir de agora, a escura “Gregorius” e a âmbar “BENNO”, levarão o logotipo da ATP, que certifica a origem e a qualidade da cerveja.” O monastério austríaco se junta às outras 7 únicas cervejarias trappistas do mundo sendo 6 delas na Bélgica (Westveleteren, Chimay, Achel, Orval, Rochefort e Westmalle) e uma na Holanda (La Trappe). Cabe lembrar que o monastério francês de Mont Des Cats ainda aguarda a oficialização do selo para suas cervejas.
Stift Engelszell

A abadia de Engelszell foi fundada no ano de 1293, na cidade de Engelhartszell an der Donau, divisa da Áustria com a Alemanha, logo ao sul de Passau e às margens do Danúbio. Fundada pelo Bispo de Passau, Bernhard de Prambach, a abadia persistiu até 1876 quando foi dissolvida por ordem do então imperador do Sacro Império Romano Germânico, Joseph II. Após esse período, apenas em 1925 a abadia foi retomada por monges expulsos da Alsácia pelos franceses após o fim da primeira guerra. Desde então os monges de Engelszell dedicam-se ao trabalho e às obras de caridade do mosteiro, famosas por abrigar idosos durante a segunda grande guerra. O monastério sobrevive unicamente do trabalho de seus 9 monges e é famoso pela produção de diversos licores de ervas (schnaps) e pela produção de queijo, ambos com selos trappistas.  E agora pela sua cerveja Gregorius, oficialmente a oitava cervejaria trappista do mundo.
A Vida Espiritual
A vida espiritual de um monge trappista está intimamente ligada ao trabalho físico. Seguem estritamente a regra de São Benedito, editada no século VIII, e que tem como ela “ora et labora”. Os monges de Engelszell reúnem-se sete vezes ao dia para oração na Igreja do Mosteiro. Nos intervalos das orações dedicam-se à leitura espiritual e ao trabalho nos campos e na produção dos alimento. Em Engelzell a devoção Mariana tem um importante lugar na rotina e toda visita, seja na chegada ou na partida, é recebida com uma antífona Mariana, tradição que persiste desde a idade média.
A Abadia
A abadia, construída entre 1754 e 1764, é uma igreja imponente no estilo rococó, com uma torre de 76 metros de altura. O interior contém notáveis ​​obras de arte de Bartolomeo Altomonte , de Joseph Deutchmann e do escultor Johann Georg Üblhör. Depois de um dano estrutural em 1957, o teto repintado pelo famoso artista contemporâneo Fritz Fröhlich. 
Vale, e muito, a visita.
www.stift-engelszell.at
Recommended Posts

Leave a Comment