Top 10 Cervejas que Degustei em 2013

Janeiro é época de balanço e nada melhor do que relembrar as melhores cervejas do ano que passou. Para a lista desse ano, resolvi adotar alguns critérios. Primeiro só considerei aqueles cervejas que podem ser encontradas facilmente no mercado brasileiro. Assim não apenas pretendo facilitar a identificação pelos leitores como proporcionar uma referência para aqueles que estejam começando. Todas elas estão disponíveis nas lojas especializadas e tem distribuição no Brasil. Segundo, para deixar a lista mais isenta, vou dividir em duas categorias: as melhores internacionais e as melhores nacionais. Muito embora tenha que dizer que se fosse uma lista única nenhuma brasileira estaria presente. Bom, essas são então as melhores cervejas que degustei em 2013 e que pretendo degustar novamente.

Melhores 2013 Mundo
1. Brewdog Abstrakt 12 – Imperial Black Belgian IPA da Escócia
2. Ola Dubh 1991 Vintage Ale Limited Edition – Old Ale da Escócia
3. Evil Twin Femme Fatale Blanc – Belgian IPA da Dinamarca
4. Founders Curmudgeon – Old Ale dos Estados Unidos
5. Founders Breakfast Stout – Russian Imperial Stout dos Estados Unidos
6. Brewdog San Diego Scotch Ale – Scotch Ale da Escócia
7. Struise Pannepot 2012 – Belgian Dark Strong Ale da Bélgica
8. Evil Twin Molotov Cocktail – Imperial IPA da Dinamarca
9. Founders Backwood Bastard – Scotch Ale dos Estados Unidos
10. Brewdog Jack Hammer – American IPA da Escócia

Melhores 2013 Brasil
1. Bodebrown Cacau IPA – American IPA de Curitiba
2. Seasons Holy Cow – American IPA de Porto Alegre
3. Seasons Cirilo Coffe Stout – American Stout de Porto Alegre
4. Bodebrown Tripel Hop Montfort – American Tripel de Curitiba
5. DUM Petroleum – Russian Imperial Stout de Curitiba
6. Seasons Green Cow IPA – American IPA de Porto Alegre
7. Invicta 1000 IBU – Imperial IPA de Ribeirão Preto
8. Tarantino Odell IPA – American IPA de Serra Negra
9.  Way Porter Avelã – Porter de Curitiba
10. Invicta Imperial Stout – Imperial Stout de Ribeirão Preto

E antes que alguém se mostre indignado, é a minha lista. Uma vez um amigo enólogo me disse: “Não é que existam apenas variações a cada safra na avaliação de um mesmo vinho. Eu também sofro variações e mudo minha avaliação dependendo do estado de espírito em que me encontro.” Verdade para vinhos, verdade para cervejas. 

Recent Posts

Leave a Comment