Mikkeller Draft Bear – 4,0

O estilo Pilsner é um dos mais tradicionais do mundo e seja na linha german ou bohemian, as pilsners no mundo todo são produzidas à risca como manda a tradição. É difícil imaginar grandes variações em um estilo de caráter tão limpo e definido. Pois é, mas os malucos da Mikkeller conseguiram. À maneira da nova escola americana, a cervejaria dinamarquesa conseguiu extrapolar os limites em uma deliciosa explosão aromática obrigando a adoção da alcunha Imperial Pilsner. Como você sabe, esse Imperial adotado na escola americana significa elevar as principais características de qualquer estilo ao extremo. No caso dessa Imperial Pilsner, a explosão aromática dos lúpulos amarillo e cascade combinou à perfeição com as leveduras lager proporcionando uma cerveja extremamente leve mas complexo e potente. Um purista diria sequer tratar-se de um Pilsner. E realmente está absolutamente fora do estilo clássico especialmente pela a utilização de lúpulos tipicamente americanos e pelo corpo levemente viscoso. Mas como não estou nem aí para o purismo, reputo como talvez a melhor cerveja do estilo que já provei.

País: Dinamarca
Estilo: American Imperial Pilsner
Quando beber: sempre
Harmonização: absolutamente universal

Mikkeller Briggery
Realmente nesse último mês a Mikkeller dominou o blog. Com uma produção altamente prolífica a cervejaria nos apresenta inúmeras e interessantíssimas opções. Para uma cervejaria que em um curtíssimo espaço de tempo saiu das panelas de seus fundadores para ser uma das mais respeitadas da Europa, é mesmo um fenômeno. E tudo isso sem possuir estrutura própria, criando o conceito de gipsy brewey.

Avaliação  
Vertida apresentou um líquido alaranjado intenso, nebuloso e com um creme branco de excelente formação e persistência.
O aroma é uma explosão do cascade e do amarillo, com notas cítricas, maracujá, abacaxi, e fortes notas herbais sobre uma base de malte biscoito.
O sabor é limpo mas complexo, com a mesma base biscoito agora levemente adocicado. Na sequência  saltos de lúpulos encadeados: notas cítricas, de frutas tropicais e herbais. O final é amargo e seco. O aftertaste é suavemente adocicado e amargo.
Corpo médio, carbonatação média e elevadíssima drinkability.
Não é uma pilsner tradicional mas é absolutamente deliciosa.
www.mikkeller.de

Recommended Posts

Leave a Comment